10 janeiro 2016

Servos da voz que ouvimos - Parte II de III.

Já ta errada mesmo... 

Como eu digo pra vocês, no mundo somos marionetes na não do diabo. Digo isso porque ele faz o que quer com os que são dele.
Quando estava no mundo, lembro-me bem de um dia que queria ir pra casa de uma amiga e de lá iria pra balada, mas pra isso teria que mentir para minha mãe. Não sei o que disse pra ela naquele dia pra poder ir pra casa da minha amiga mas normalmente dizia ter algum aniversário para comemorar. Sendo assim, já estava arrumando minha mochila para ir e não me recordo do que passou pela minha cabeça no momento, mas sei que precisaria pedir algo e consequentemente mentir novamente.
Eu não queria porque nunca gostei de mentir pra minha mãe, mas como disse, era uma marionete e não tinha domínio sobre mim. Então quando tentei recusar aquele pensamento de mentir mais, veio na minha cabeça uma voz dizendo "já está errada mesmo" como quem quer dizer "já mentiu, mentir mais nem faz diferença" e o que aconteceu? Aquela voz me encorajou a mentir (voz essa que parece nossos pensamentos, só que não.). E foi o que fiz.
E olha, essa não foi a primeira vez não porque o diabo sempre colocava isso na minha cabeça e eu aceitava fazendo assim com que os planos de Deus retardassem em minha vida. Era como se ouvir essa voz e atende-lá construísse um muro alto e resistente para me afastar de Deus. Para impedir de me aproximar. 
O fato de ouvir "já está errada mesmo" me fazia sentir vergonha e não me deixava acreditar que eu tinha como mudar.
Com isso, deixo um pensamento para vocês: A que voz você tem sido servo? E essa escolha é apenas nossa. Somos servos da voz que QUEREMOS ouvir. 
E porque eu mudei? Porque decidi deixar de ser serva dessa voz! Você pode fazer o mesmo!

Espero ter ajudado. Não esqueça de deixar seu comentário! Fiquem com Deus <3

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...  
© Blog Marque-se - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: Tatiana Design.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo