24 setembro 2015

O guarda-chuva

Lembro-me de uma tarde chuvosa em um dia de semana. Estava no ponto aguardando o ônibus para ir a escola. Quando avistei uma senhora, com seu guarda-chuva quebrado tendo dificuldades em abri-lo. Ao ver esta cena, um homem se aproximou, pegou seu guarda-chuva que usava no momento e deu a senhora, já que o dela não estava em condições de uso. A senhora aceitou. Então o homem pegou o o guarda-chuva velho e quebrado dela é jogou no lixo que havia em frente ao ponto. Logo seu ônibus chegou e ele correu para pegar. E assim o rapaz se foi. Mas a senhora ficou, e com um olhar indignado, se abaixou devagar e com uma certa dificuldade e pegou o velho e quebrado guarda-chuva do lixo olhando de cara feia para o ônibus em que o rapaz subiu enquanto guardava-o na bolsa. E continuou a usar o guarda-chuva novo.
Parece ser um caso comum, uma simples cena do cotidiano. Mas parei para analisar esta cena com mais calma e vi que todos nós queremos coisas novas, boas, em perfeito estado. Mas não queremos abrir mão do que está velho, quebrado, sem condições de uso. 
Sendo assim, qual o sentido de ter o novo, usar o novo e não se desfazer do velho?
Assim é a nossa vida sem Deus. Velha, sem graça, suja, sem utilidade. E ao nos entregarmos a Ele, ganhamos uma vida nova como uma folha em branco, pronta para ser escrita uma nova história. 
Mas do que adianta Deus querer nos dar uma vida nova se não abrimos mão da velha? Se pedimos uma vida nova sem a intenção de largar a velha?

Abra mão do "guarda-chuva" (vida) velho. Deus tem um novinho pra te dar, e sem custo. Basta você querer.

Espero ter ajudado. Beijos e fiquem com Deus <3

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...  
© Blog Marque-se - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: Tatiana Design.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo